Documentação FIES – o que você vai precisar?

Nesse post você vai saber todos os detalhes sobre a documentação FIES! Após realizar a inscrição no SISFIES, o aluno deverá comparecer à CSPA (Comissão Permanente de Supervisão e Acompanhamento) na instituição de ensino com a documentação relacionada nesse artigo.

Todas as informações desse artigo foram retiradas do portal SISFIES, na fase de inscrição do aluno. Fonte: http://sisfiesaluno.mec.gov.br/seguranca/principal

SISFIES

Para saber documentação FIES para levar ao banco e mais informações sobre o FIES, veja o nosso outro artigo O que é FIES?

Continue lendo

Portabilidade de crédito

A portabilidade de crédito existe desde 2006, mas no dia 05 de maio de 2014 foram publicadas novas regras para portabilidade que visam facilitar e reduzir os custos com a transferência da dívida entre um banco e outro.

O que é portabilidade de crédito?

É a transferência da dívida, de um mesmo cliente, entre uma instituição financeira e outra. O novo prazo para pagamento não pode ser superior ao prazo remanescente do contrato atual.

Se um cliente tem um empréstimo ou financiamento em um banco, ele pode solicitar a transferência dessa dívida para outro banco. Claro que só vale a pena fazer esse tipo de operação se a nova prestação for menor e o prazo igual, do contrário, não faça portabilidade de crédito! Continue lendo

O que são as aplicações financeiras? Onde invisto meu dinheiro?

Você tem um dinheiro sobrando? Sabe o que fazer com ele? Não, não deve deixar ele embaixo do colchão e nem parado em conta corrente! Você deve procurar seu banco para fazer uma aplicação financeira!

A aplicação financeira ocorre quando você empresta o seu dinheiro a uma instituição financeira, ou seja, você coloca seu dinheiro lá e ela te paga uma remuneração (juros) por isso! Achou diferente esse conceito? Na prática não estamos acostumados a enxergar as aplicações financeiras dessa forma, mas sim, é como se você estivesse emprestando dinheiro ao banco. Continue lendo

Financiamento de carro x Empréstimo consignado

O financiamento de veículo envolve valores altos de crédito, portanto exige bastante cuidado na decisão. Na hora de comprar um carro, muitas pessoas procuram diretamente a linha de crédito “financiamento de veículos”, mas existe uma outra modalidade de crédito que você também pode utilizar e que pode ser vantajosa, é o empréstimo consignado. Continue lendo

Financiamento de carro: Dicas para você gastar menos!

Você encontrou aquele veículo que tanto precisa e quer comprá-lo, veja o que levar em consideração ao fazer um financiamento de carro!

O ideal mesmo é você comprar o carro com dinheiro à vista, você evita muitas despesas com isso. Mas claro, sabemos que a maioria dos brasileiros não tem dinheiro à vista para comprar um carro, sendo que é um item de valor alto.

Portanto, você irá pagar uma entrada e o resto será financiado! Você até pode encontrar algum lugar que não exija algum dinheiro de entrada, mas isso realmente é muito difícil, portanto prepare-se para ter que dar de entrada de 10% a 30% do valor do veículo. Continue lendo

Cheque especial: entenda tudo sobre ele!

O cheque especial é muito popular na linguagem bancária brasileira, mas afinal, o que é o cheque especial, quanto custa utilizá-lo e como você faz para pagá-lo? Essas e outras informações você encontra nesse artigo!

O que é cheque especial?

Primeiro, é preciso deixar bem claro que cheque especial não tem nada a ver com o cheque, aquela folhinha que você usa para pagar a alguém alguma coisa!

Cheque especial é uma modalidade de crédito. O cheque especial é o limite que o banco disponibiliza para você, na conta corrente, como um crédito rápido, fácil e prontamente disponível. Podemos chamar de limite de cheque especial! Continue lendo

Posso vender ou alugar uma casa financiada pelo “Minha Casa, Minha Vida”?

Hoje em dia, está muito mais fácil realizar o sonho da casa própria. O programa do governo federal de financiamento da casa própria, “Minha Casa, Minha Vida” (MCMV), ajuda famílias com renda mensal familiar bruta de até R$ 5.000,00, oferecendo taxas baixas e subsídios (descontos).

O objetivo desse artigo não é falar mais sobre as características do programa Minha Casa, Minha Vida, pois essas informações você encontra nos sites da Caixa Econômica Federal ou do Banco do Brasil, e sim esclarecer dúvidas de quem possui um imóvel financiado pelo “Minha Casa, Minha Vida” e deseja vendê-lo ou alugá-lo.

Alguns acontecimentos levam as pessoas, que possuem um financiamento de casa própria Minha Casa, Minha Vida, a ter que sair dos seus imóveis financiados. Alguns exemplos: mudar de emprego e ter que se mudar da cidade onde possui  o imóvel financiado, divórcios e diversos outros motivos. Abaixo você encontrará as respostas sobre o que fazer! Continue lendo